Aprenda como comprar e conservar alimentos orgânicos | SouVegetariano.com

Sua plataforma online de comida
vegetariana e vegana.
Conheça

Você está em: Matérias

Aprenda como comprar e conservar alimentos orgânicos

Publicada em 10.04.2015

aprenda_como_comprar_organicos_3

Foto: Reprodução

 

Imagine a situação: acabou a páscoa. Você está com aquela ressaca moral de quem cometeu todos os exageros possíveis. Se sente pesado, estranho, parece que o seu corpo está pedindo ajuda. Então surge a brilhante ideia de comprar um monte de alimentos saudáveis e (re)começar o ano com uma dieta super revigorante, cheia de frutas, vegetais, barrinhas, suquinhos e tudo o que existe de nutritivo no mundo. Você está super empolgado, agora vai!

Seu amigo natureba te convenceu de que o ideal era tentar comprar apenas alimentos orgânicos. Só que no supermercado também vendiam aqueles lanches, que não alimentam mais do que meia pessoa, mas estão cheios de zero isso e zero aquilo na embalagem. Você compra tudo. A sua cozinha é o novo paraíso da alimentação consciente.

O resultado? A semana ainda nem acabou e os orgânicos já estão passados. Vai tudo fora. E na próxima vez que você for as compras, vai escolher apenas alimentos cheios de conservantes porque duram mais.

Pode ser depois da páscoa ou depois de um final de semana qualquer. O fato é que essa história se repete muitas vezes durante o ano. E a culpa não é sua. Ninguém nasce sabendo como conservar alimentos orgânicos.

Aqui no SouVegetariano.com temos a sorte de conviver com amigos que estão nessa vida de orgânicos a bastante tempo, tanto como consumidores quanto como produtores. Por isso resolvemos reunir algumas dicas que aprendemos com eles, pra te ajudar a evitar o desperdício e ter mais atenção na hora da compra.

 

Consuma produtos locais: 

Livre de agrotóxicos e conservantes, a vida útil dos produtos orgânicos é mesmo menor. Por isso o ideal é comprar alimentos que foram produzidos a no máximo 100 km da sua casa. Além de mais maduros, eles terão sofrido bem menos impacto durante o transporte. Sabe onde encontrar produtos assim? Na feira orgânica, é óbvio.

 

Procure os alimentos da estação:

Pra muita gente essa dica vai parecer redundante. Mas nunca é demais lembrar que produtos ecológicos de verdade são cultivados apenas na sua época.

 

Varie suas escolhas:

Aproveitando que já te incentivamos a comprar na feira, vamos forçar mais um pouquinho. Lá você encontra uma série de produtos que não estão à venda em qualquer supermercado. BeldroegaCaráKinkan, e algumas Frutas Silvestres são bons exemplos.

 

Faça um planejamento de suas compras: 

Uma boa dica é saber os dias em que você vai às compras e ter isso em mente para escolher os alimentos. Por exemplo, se você pode ir na feira na quarta e no sábado, compre apenas a quantidade necessária para esse intervalo de tempo. Escolha um item mais maduro, pronto para comer, outro semi-maduro, para comer amanhã, e outros mais verdes, para os próximos dias. Armazene os alimentos verdes juntos com os semi-maduros, pois estes vão ajudar no amadurecimento.

 

Explore o ciclo de vida do alimento: 

Caso você tenha comprado um pouco mais do que o necessário, pode consumir os alimentos que já estão mais maduros de outras formas. Sabe aquele tomate que já está ficando mole? Ainda serve muito bem para fazer um molho delicioso e até para ser transformado em tomate seco.

 

Negocie: 

Não é porque um alface custa dois reais na feira, que você vai comprar um molho inteiro e jogar a metade fora. Se você mora sozinho, explique para o produtor e tente levar o alimento em menor quantidade. Ele vai entender.

 

Aprenda a lavar suas compras direito:

A maioria dos produtos precisam ser higienizados (os brotos de alfafa são exemplos prontos para comer). Uma técnica eficiente é lavar com um pincel em baixo de uma torneira com agua lenta. Feito isso, deixe-os secar sobre um pano de algodão limpo.

 

Guarde com carinho e dentro da geladeira:

Guarde suas compras em um recipiente de vidro, preferencialmente fechado. Coloque um papel toalha no fundo, pois o alimento precisa ficar completamente seco e refrigerado.

 

Atenção com a banana!

banana é o único alimento que não pode ficar na geladeira. Seu processo de amadurecimento é noturno, o ar da noite é essencial pra ela.

 

Cuidado na hora de transportar:

As caixas são os meios mais indicados para carregar os produtos. Elas são mais seguras e evitam o impacto.

 

O pão também precisa de cuidados especiais:

Os pães e bolos orgânicos devem ser guardados na geladeira, onde podem ficar até duas semanas (no freezer, esse tempo aumenta para três meses). Depois de alguns dias, é comum que eles fiquem um pouco secos, mas aí é só esquentar no forno para deixá-los novinhos e prontos para consumir.