O mito do açúcar mascavo | SouVegetariano.com

Sua plataforma online de comida
vegetariana e vegana.
Conheça

Colunistas

Você está em: Colunistas > Colunas > Comendador DeRose

O mito do açúcar mascavo

Publicada em 14.07.2015

mascavo_thumbhome

Foto: Reprodução

Qual é o problema de se usar açúcar mascavo?

. Considero como mais grave o estereótipo. Estereótipos sempre são perniciosos. Se descobrem que você é vegetariano, lá vem alguém querer que use o tal do mascavo. Não consigo compreender o que tem uma coisa a ver com a outra. Você declara que não come carne e querem lhe enfiar goela abaixo um açúcar preto.

. O produto que é vendido com o nome de açúcar mascavo é ruim, interfere com o gosto e com o colorido daquilo que ele for adoçar.

. Açúcar branco ou açúcar mascavo engordam da mesma forma e são igualmente prejudiciais.

. O que você geralmente encontra no comércio com o nome de açúcar mascavo não é açúcar mascavo. É rapadura moída. Portanto – e talvez este seja o principal motivo da minha antipatia –, você estará comprando gato por lebre. Quando eu era menino, época em que essas coisas não estavam na moda, havia mascavo disponível nas lojas e ele era bem diferente, na cor, no cheiro, no gosto e na consistência. Era mascavo de verdade. Décadas mais tarde, assisti à produção do açúcar mascavo num sítio em Botucatu e confirmei que o açúcar mascavo é bem diferente daquilo que é vendido por aí com esse nome.

. Um dia, na Europa, um amigo me ofereceu um chá e notei que havia no pires uns cubinhos de açúcar escuro. Perguntei o que era. Disse-me que era açúcar mascavo. Pedi para ler o rótulo da embalagem. Lá constava: “açúcar mascavado”. Continuei a ler: descobri que eram torrões de açúcar branco(!), tingido de marrom com… caramelo! E que o meu amigo era uma anta.